Inscrições Rebanho Araguaia – Fase 2

Liga do Araguaia abre nova seleção de fazendas para a FASE II do REBANHO ARAGUAIA

Apenas dez fazendas poderão integrar a Fase II do projeto recebendo um subsidio que permite avanço na gestão produtiva e de sustentabilidade na pecuária de corte.

Independentemente do valor de venda da arroba ou do aumento dos custos de produção, cada vez mais fica evidente que a lucratividade do pecuarista depende sobretudo de seu esforço de produzir mais na mesma área. Parece simples, mas esse avanço demanda ajustes na gestão e nas escolhas técnicas. Essa foi a realidade da fazenda Entrerios, de Carmen Bruder, participante do movimento Liga do Araguaia, cuja bezerrada Nelore que desmamava no passado com 180 kg, em média, passou a 240 kg na última pesagem, com pico de 308 kg.

É um ganho que está intimamente relacionado ao novo foco da gestão produtiva da fazenda, ajustes técnicos e trabalho de liderança, incluindo a gestão de boas práticas e carbono. Carmen integra o primeiro grupo do projeto Rebanho Araguaia, da Liga do Araguaia, que abre novas inscrições para que outros dez pecuaristas da região do Médio Araguaia no Mato Grosso (MT) possam participar.

A orientação técnica é feita com supervisão do Instituto Inttegra de Métricas Pecuárias, coordenado por Antonio Chaker, que defende que a fazenda pode ser melhor a cada dia, se for boa de gente, ou seja, consegue atrair e manter bons funcionários; boa de gestão, que é acompanhar o que está acontecendo e ter os números na mão, conhecer o custo, a margem sobre a venda, bater meta e, por fim, também ser boa na área técnica.

Além da expertise para a gestão produtiva, há a preocupação em considerar indicadores de boas práticas para as questões de sustentabilidade, o que é possível através do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), por meio do protocolo Garantia Araguaia, uma ferramenta desenvolvida pela Liga do Araguaia para melhoria contínua de boas práticas, incluindo níveis de emissões de carbono, entre outros indicadores de sustentabilidade.

As consultorias vão realizar uma imersão nas fazendas para levantar dados e indicadores de sustentabilidade e métricas gerenciais, que serão usados para facilitar inovações no setor, promover melhorias nos planos de ação e na gestão dessas fazendas e sugerir ajustes com acompanhamento técnico periódico, além de criar sinergia de processos entre os pecuaristas da Liga do Araguaia.

O projeto REBANHO Araguaia, uma parceria da Liga do Araguaia com a Friboi, unidade de negócios de carne bovina da JBS, foi iniciado em Julho/2020 passado e tem três anos de prazo contemplando o apoio à trinta fazendas no total.

Saiba como se inscrever

Para se inscrever você precisa baixar a CARTA DE INTENÇÃO (basta clicar no botão “Baixar”), preencher e enviar para os contatos divulgados aqui. Caso tenha dúvidas, você pode acessar os mesmos contatos divulgados para que eles possam resolve-las.

Lembramos que CARTA DE INTENÇÃO não tem nenhum efeito comercial e tampouco gera qualquer responsabilidade por parte das fazendas envolvidas, bem como por parte da JBS, representando apenas a possibilidade, atendendo os demais requisitos a serem apresentados, de sua fazenda vir a integrar-se ao Projeto Rebanho Araguaia

Após preencher a carta, favor enviar por eMail para:

Reinhard Knoch (KNOR) – consultor local do projeto

mmplan.knoch@gmail.com

Dúvidas pelo cel (67) 9 9981 6820

Parceria: