12º DIA DE CAMPO

O INSTITUTO AGROAMBIENTAL ARAGUAIA apresenta o 12º DIA DE CAMPO DA LIGA DO ARAGUAIA com o tema PASSAPORTE PARA O FUTURO.

O tema de nosso dia de campo reflete um momento importante que vivemos: indagações sobre o futuro do planeta. O movimento da LIGA DO ARAGUAIA está conectado com os desafios que nossa época impõe para aqueles que já entenderam que existe apenas um caminho para o futuro da pecuária: produzir, conservar e inovar cada vez mais.

A LIGA nasceu com esta vocação para o futuro, construído por suas ações práticas no presente.

Estamos muito felizes pela oportunidade de realização de mais um dia de campo – em formato híbrido (presencial e online), buscando retomar o “olho-no-olho” e reforçar as pontes que nos une na busca de uma pecuária sustentável na prática, gerando resultados e alinhada com as expectativas do mercado.

Venha carimbar seu passaporte para o futuro.

QUANDO: dia 13 de novembro de 2021 – SÁBADO

ONDE: Sindicato Rural de Água Boa. Av. Araguaia, 344 – Centro II, Água Boa – MT

HORÁRIO: a partir das 8:00h

O evento também contará com transmissão online pelos canais da LIGA DO ARAGUAIA

8:00hRECEPÇÃO E CAFÉ DA MANHÃ
9:00hABERTURACAIO PENIDO (LIGA DO ARAGUAIA) e GERALDO DELAI  (SINDICATO RURAL DE ÁGUA BOA)
9:15hPAINEL 1 – A LIGA E SEUS PROJETOS – JOSÉ CARLOS PEDREIRA DE FREITAS (INSTITUTO AGROAMBIENTAL ARAGUAIA)
9:45hPAINEL 2 – PECUÁRIA DO FUTURO – 10  MEGATENDÊNCIAS – GUILHERME CUNHA MALAFAIA (EMBRAPA GADO DE CORTE)
10:45hPAINEL 3  – PECUÁRIA DE BAIXO CARBONO – ROBERTO GIOLO (EMBRAPA GADO DE CORTE)
12:00hALMOÇO
13:30hMENSAGENS PATROCINADORES OURO (por ordem alfabética): ELANCO, FRIBOI, SUMITOMO CHEMICAL, ZOOFLORA
14:00hMESA REDONDA – CARNE SUSTENTÁVEL  – VISÃO DA INDÚSTRIA E DO MERCADO – FÁBIO DIAS (JBS) e PECUARISTAS DA LIGA
16:00hENCERRAMENTO

CAIO PENIDO

Com mais de 10 anos de atuação como executivo do setor da agropecuária, Caio Penido é presidente do Instituto Mato-grossense da Carne (Imac) e vice-presidente (já tendo exercido o cargo de presidente) do GTPS – Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável. É membro fundador do movimento Liga do Araguaia e do Instituto Agroambiental Araguaia. É sócio/diretor da Agropecuária Água Viva e da Encruzilhada Filmes. No Vale do Araguaia mato-grossense é um dos responsáveis pelo núcleo de articulação agroambiental intitulado Liga do Araguaia, onde participa de projetos de pecuária sustentável implantados em parceria com organizações públicas e privadas, nacionais e internacionais. São iniciativas da Liga do Araguaia: Projeto Carbono Araguaia, Projeto Campos do Araguaia, Projeto Garantia Araguaia, Aliança Onça-Pintada e cooperação com a EMBRAPA Gado de Corte, entre outras atividades que visam estimular a intensificação sustentável, regularização fundiária e ambiental (adequação das propriedades  ao Código Florestal ); valorização do ativo ambiental como estratégia de conservação, pesquisas sobre o balanço de carbono nos sistemas produtivos tropicais, valorização do produto comprovadamente sustentável, entre outros temas relacionados.

FABIO DIAS

Fabio Dias é zootecnista formado pela USP. Realizou mestrado em produção animal pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e atualmente está doutorando pela USP com o projeto de estudo sobre as características de “não qualidade” nos dados de abate de bovinos no Brasil, usando tecnologias de análise de big – data¸ data mining e machine learning. Mais de 30 anos de trabalho focado em produção de gado de corte com passagem por empresas como CRV Lagoa, CFM,  Marfrig, BM&F BOVESPA, AGRO SANTA BARBARA. Atualmente é Diretor de Relacionamento com Pecuaristas da JBS FRIBOI.

GUILHERME MALAFAIA

Possui graduação e pós-graduação em Administração de Empresas pela Universidade da Região da Campanha, mestrado em Economia Rural pela Universidade Federal de Viçosa – UFV e doutorado em Agronegócios na Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS. É pesquisador classe A da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA, atuando no Centro Nacional de Pesquisa de Gado de Corte – CNPGC. É coordenador do Centro de Inteligência da Carne Bovina – CiCarne. É consultor sênior do Banco Mundial para análises de riscos no setor agropecuário mundial. É professor permanente do Programa de Pós – Graduação em Administração da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. Sua linha de pesquisa tem um foco meso analítico, onde as formas de coordenação e as estratégias coletivas dos arranjos produtivos são elementos de estudo. Tem experiência na área de Administração de Empresas, com ênfase em Agronegócios, atuando, principalmente, nos seguintes temas: Eficiência e Competitividade da Cadeia Produtiva da Carne Bovina, Cenários Prospectivos, Economia e Administração Rural, Análise e Avaliação de Projetos Agroindustriais, Análise de Riscos Agropecuários, Inteligência Competitiva.

JOSÉ CARLOS PEDREIRA DE FREITAS

Engenheiro Agrônomo com especialização em Administração Rural pela Fundação Getúlio Vargas (EAESP) e Ministério da Agricultura de Israel (Israel). Consultor nos agronegócios com foco em gestão voltada para sustentabilidade e responsabilidade social corporativa inseridos à estratégia de negócios. Presta serviços de consultoria e gerenciamento no desenvolvimento de modelos de negócioe implantação de projetos agrícolas ancorados em atributos de sustentabilidade. Com larga experiência em assessoria às empresas e entidades do agronegócio, é co-fundador da Liga do Araguaia e Coordenador Executivo do Instituto Agroambiental Araguaia. Foi consultor em Sustentabilidade do Grupo Roncador e diretor adjunto da Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas da ABIMAQ, Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos. É sócio-diretor da HECTA – Desenvolvimento Empresarial nos Agronegócios, empresa dedicada à consultoria e projetos nos agronegócios. Concluiu curso de formação de Conselheiro de Administração do IBGC, Instituto Brasileiro de Governança Corporativa. É membro do COSAG, Conselho Superior do Agronegócio, da FIESP.

ROBERTO GIOLO

Possui graduação em Agronomia pela Universidade de Taubaté (1990), especialização em Drenagem e Manejo de Bacias Hidrográficas pela Universidade de Taubaté, em cooperação com ILRI-Holanda e GTZ-Alemanha (1991), mestrado (1997) e doutorado (2001) em Zootecnia, área de concentração em forragicultura e pastagens, pela Universidade Federal de Viçosa. De 2001 a 2007, atuou como professor e chefe do Departamento de Agronomia da Universidade do Estado de Mato Grosso, Campus de Tangará da Serra. Desde 2007, é pesquisador da Embrapa Gado de Corte, atuando no grupo de pesquisa de sistemas de produção sustentáveis e cadeias produtivas da pecuária de corte (GSP); na gestão, foi supervisor do Núcleo de Apoio a Programação, no período de 2011 a 2014, e do GSP, de 2014 a 2021. Desde 2018 faz parte do corpo docente do Programa de Pós-graduação em Zootecnia da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Campus de Aquidauana. Líder de vários projetos de pesquisa na área de sistemas de produção com foco em gado de corte, com destaque para os projetos Carne Carbono Neutro e Plataforma Pecuária de Baixa Emissão de Carbono. Tem experiência na área de Agronomia e de Zootecnia, atuando principalmente nos seguintes temas: manejo da pastagem, recuperação de pastagens degradadas, integração lavoura-pecuária-floresta e gases de efeito estufa na pecuária.

FAÇA A SUA INSCRIÇÃO